Juros

Juro é o valor que eu pago por ter pego emprestado dinheiro. Por mais que essa definição pareça estranha ou confusa, um exemplo pode elucidar a coisa. Como no exemplo do post anterior, imagine que o Almir me pediu R$100 emprestado para devolver daqui a 1 ano. O que se passa na minha cabeça quando eu pondero entre emprestar ou não emprestar? [lembrando que esses R$100 são conhecidos como Capital Inicial ou Principal]

Eu posso imaginar o seguinte: "se eu emprestar R$100 pro Almir, e ele me pagar R$100 daqui a 1 ano, eu vou sair perdendo. Isso porque daqui a 1 ano a inflação vai ter diminuido o valor dos meus R$100 e eu vou poder comprar menos. Além disso, se eu aplicar esses R$100 na poupança, e sabendo que a poupança rende 6% ao ano, daqui a 1 ano eu vou ter R$106. Portanto, emprestar pro Almir é perder dinheiro." Assim, eu decido não emprestar pro Almir.

O Almir, ao perceber que eu não vou emprestar meu dinheiro, faz a seguinte proposta: "E se eu te devolver R$110 daqui a um ano?". Dessa forma, o Almir, pra receber meu dinheiro emprestado, me paga 10 reais, e esses 10 reais são de juros.

Porém, os juros normalmente não são definidos por um valor absoluto (como 10 reais), mas sim por porcentagens do valor emprestado (como 10%).

Por exemplo, imagine que o Almir, ao invés de precisar de R$100 emprestado, precise de R$142,74. Se o Almir me oferecer 10 reais em cima desse valor na devolução (devolvendo R$152,74), como vou saber se estou ganhando ou perdendo em relação ao lucro da poupança? Para negociar o rendimento de um empréstimo em termos de qualquer valor emprestado, usa-se a porcentagem do valor emprestado como Taxa de Juros. Assim, por exemplo, se o Almir disser que vai me dar 10% de juros, não importa se ele está pegando R$100 ou R$142,74: se ele pegar R$100, vai me dar R$10 de juros; se ele pegar R$142,74, vai me dar R$14,274 de juros.

Dependendo da forma como os juros são acrescentados ao Capital Inicial, eles são chamados de Juros Simples ou Juros Compostos. Esse processo, de incidir juros a um Capital, é conhecido como Capitalização.

Além disso, ainda tem a questão da aplicação dos juros em Períodos não inteiros.

Paztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário